"Já me matei faz muito tempo
me matei quando o tempo era escasso
e o que havia entre o tempo e o espaço
era o de sempre
nunca mesmo o sempre passo
morrer faz bem à vista e ao baço
melhora o ritmo do pulso
e clareia a alma
morrer de vez em quando
é a única coisa que me acalma

— Paulo Leminski (via beocio)
"E nada aconteceu. Eu meio que sabia onde as coisas iam dar – foi quase, mas não deram. Não deu. Não dei. Valeu a tentativa, o empenho, o interesse. Eu não estava prestando muita atenção, mas posso sentir em algum lugar aqui dentro de mim que foi bonito. A gente ainda vai se falar por aí, essa não é a conversa final, eu sei como você é.

— Gabito Nunes (via beocio)
"amei em cheio
meio amei-o
meio não amei-o

— Leminski (via souls-the-subway)

coisasdetere:

Cecília Meireles - Poeta brasileira.

Claustrofobia

às vezes esqueço
que o mundo não cabe
dentro do meu peito.

"Where the hell are you goin’, McClane?! I told you 9th Avenue is the quickest way south!"